Matusalém & Castelan Advogados Associados

Especializado em Direito Previdenciário

 

Dúvidas frequentes

Saiba mais sobre previdência

Este espaço é destinado para você tirar as dúvidas mais comuns e frequentes sobre a previdência.

Caso não encontre a resposta que estava procurando, entre em contato conosco.

Salário-maternidade são 4 ou 6 meses? Como proceder para ter direito ao beneficio? Esse período conta para a aposentadoria?

Segundo a Lei 8.213/91, que define o direito aos benefícios, o salário-maternidade é de 4 meses. No entanto, a Lei 11.770 de 09 de setembro de 2008 prevê incentivo fiscal para as empresas privadas que aderirem à prorrogação da licença maternidade para 6 meses.
Deste modo, a licença paga pelo INSS é de 4 meses, podendo ser prorrogada pela empresa.
No caso das seguradas empregadas a própria empresa é quem encaminha o pedido ao INSS e faz o pagamento do benefício, bastando a trabalhadora apresentar atestado médico ou certidão de nascimento do bebê à empresa.
Já no caso das contribuintes individuais e desempregadas em período de graça, devem requerer o benefício junto ao INSS, realizando agendamento de horário pelo fone 135 ou internet, levando os documentos solicitados a uma Agência da Previdência.
O período em salário-maternidade conta como tempo de contribuição, exceto para a segurada desempregada.